pt
en

Agenda

Step Forward

Academia de Artes do Estoril
4 e 5 Julho 21H00
6 Julho 19H00

Step Forward

Cine Teatro de Estarreja
4 Maio 21H30

Sem um nós não pode haver voz

Centro de Artes de Águeda, Águeda
3 Maio 21H30

Step Forward

Academia de Artes do Estoril
23 Fevereiro 21H00
24 Fevereiro 19H00

Sem um nós não pode haver voz

Teatro Municipal da Covilhã
20 Janeiro 21H30

Sem um nós não pode haver voz

Convento São Francisco, Coimbra
15 Dezembro 21H30

Ceci n’est pas un film

Teatro Stephens, Marinha Grande
27 Outubro

Ceci n’est pas un film

Cine-Teatro Avenida, Castelo Branco
29 Setembro

Sem um nós não pode haver voz

FIDANC 2023, Teatro Garcia de Resende, Évora
23 Setembro 21H30

Laboratório Coreográfico com Mark Tompkins

Academia de Artes do Estoril
24 - 28 Julho

Re-En-Cantos de Mateus

Fundação Casa de Mateus, Vila Real
1 Julho 10H30 / 17H30
2 Julho 10H30 / 17H30

Sem um nós não pode haver voz

Academia de Artes do Estoril
26, 27 Maio 21H30 / 28 Maio 16H00

Eventos Passados ↓

Step Forward

Cine Teatro de Estarreja
4 Maio 21H30

Sem um nós não pode haver voz

Centro de Artes de Águeda, Águeda
3 Maio 21H30

Step Forward

Academia de Artes do Estoril
23 Fevereiro 21H00
24 Fevereiro 19H00

Sem um nós não pode haver voz

Teatro Municipal da Covilhã
20 Janeiro 21H30

Sem um nós não pode haver voz

Convento São Francisco, Coimbra
15 Dezembro 21H30

Ceci n’est pas un film

Teatro Stephens, Marinha Grande
27 Outubro

Ceci n’est pas un film

Cine-Teatro Avenida, Castelo Branco
29 Setembro

Sem um nós não pode haver voz

FIDANC 2023, Teatro Garcia de Resende, Évora
23 Setembro 21H30

Laboratório Coreográfico com Mark Tompkins

Academia de Artes do Estoril
24 - 28 Julho

Re-En-Cantos de Mateus

Fundação Casa de Mateus, Vila Real
1 Julho 10H30 / 17H30
2 Julho 10H30 / 17H30

Sem um nós não pode haver voz

Academia de Artes do Estoril
26, 27 Maio 21H30 / 28 Maio 16H00

Laboratório Coreográfico com Éric Lamoureux e Héla Fattoumi
Academia de Artes do Estoril
8 - 12 Julho

A Companhia Paulo Ribeiro realiza um Laboratório Coreográfico, a decorrer entre 8 e 12 de Julho, com Éric Lamoureux e Héla Fattoumi, directores da VIADANSE – Centro Coreográfico Nacional de Borgonha e Franche-Comté, em Belfort.

A dupla de coreógrafos irá recriar ZAK, a partir do espectáculo original AKZAK, uma peça de dança-música estreada em 2020, que reuniu 12 jovens bailarinos do continente africano. Nesta versão especialmente pensada para os participantes do workshop, a secção coreográfica incorporará sequências rítmicas que constituem uma estrutura complexa onde a síncope, a rutura, o impacto e a vivacidade são os gatilhos da imaginação partilhada. Uma dança onde o contraste está subjacente ao ritmo, dando origem a uma poderosa coerência que se apoia nas singularidades, revelando os intervalos como espaços de “entre(s)”, onde a possibilidade concreta de ligação tem lugar.

Horário: 10.30 – 17.30
Preço: 100€
Inscrições (limitadas) até 28 Junho através do seguinte formulário
Destinatários: Estudantes do ensino superior e profissionais com formação e experiência em Artes Performativas

 

Desde o início da sua companhia, em 1990, Héla Fattoumi e Éric Lamoureux trilharam um percurso único que afirma o seu método de trabalho como co-criadores. A sua primeira criação Husaïs, vencedora do Prémio da Melhor Primeira Obra Coreográfica no Concurso Internacional de Dança de Bagnolet (1990), seguida do trio Après-midi, vencedor do prémio dos Novos Talentos da dança pela SACD (Société des Auteurs et Compositeurs Dramatiques), em 1991, impulsionou-os e trouxe-lhes reconhecimento internacional.

O seu trabalho tem sido movido pela questão da alteridade, pela necessidade de interrogar os limites, as molduras, os contornos da identidade e todas as formas de atributos. O seu conceito de “mudança através da troca” é perfeitamente materializado em AKZAK – l’impatience d’une jeunesse reliée (2020), que reúne 12 bailarinos de três países árabes e da África subsariana num diálogo com as combinações rítmicas de Xavier Desandre Navarre em direção a uma “relação de identidade”.

Desde 2015, gerem o Centro Nacional de Dança da Borgonha e Franche-Comté em Belfort (CCN de Bourgogne Franche-Comté à Belfort), que passaram a designar “VIADANSE”, onde desenvolveram um projeto transfronteiriço com a Suíça e continuam a acolher regularmente artistas do Sul e de outros países do mundo.

Este website utiliza Cookies. Ao navegar neste website, concorda com a nossa Política de Privacidade.
Ler mais